Dicas

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Procure Entender




Às vezes é difícil ser quem somos. Um mundo de afazeres, cobranças e reclamações. Como atender a todos? As cobranças dos amigos e dos conhecidos?

- Nossa você sumiu.
-Sim, trabalhando muito.

É engraçado, mas todo mundo pensa que isso é charme de quem diz. Quando o dia tiver 48 horas, por favor, alguém me avise, Vou sentir que ainda é pouco. Vou usar 24 horas para trabalhar e as demais para descansar. Dormir é luxo e estar sem fazer nada um privilégio para poucos.

Preciso de tempo, de paz e de tranqüilidade, tem para vender?
Ah! Lembro de dias tão calmos, onde estão?
Na infância, na adolescência que passou tão depressa e eu achava tão longa. Queria há todo custo ser adulta e conquistar liberdade.

Liberdade custa caro. Me pego lembrando quando escrevia no quintal, debaixo do coqueiro, datilografando, escrevendo cenas inteiras manuscritas. Como a companhia Sky e Snoopy. Ambos já estão no céu, eram cães maravilhosos, mas briguentos. Pai e filho. Faz uma eternidade!

Pagamos todos os dias pela liberdade conquistada com nossos sonhos, com nosso tempo, com tudo que você puder imaginar.

Procure entender, o tempo está contra nós. Mas o relógio é o único que diz isso com clareza.

Não é revolta, só reflexão e saudade.

2 comentários:

Bruna Toledo disse...

Verdade...
O tempo passa mais lento do que queremos, mais rápido do que esperamos.

;*

Rejane Leão disse...

Sei como se sente, ultimamente me sinto assim.

Tempo,
pra onde foi
Você me deixou aqui sozinha...