Dicas

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Tempo... Tempo... Mais tempo...



Falar do tempo gasta tempo, mas temos o suficiente, acho. Claro, não posso confirmar. Não haveria tempo para tanto, visto que estamos costumeiramente tentando ganhar tempo.
Papo esquisito!Mas falar sobre tempo é estranho mesmo foge a razão lógica. O ponteiro gira e gira. O de segundos é o mais atrevido, correndo pelo mostrador como se o seu mundo feito de números e segundos estivesse pegando fogo.
Pare! Dê-me mais tempo, não vê que quero permanecer, ver mais um por do sol, mais um amanhecer.
A tarde morre, o sol nasce, e o dia corre acelerado mesmo debaixo de chuva. As nuvens flutuam, são levadas pelo vento e giram com a terra, como os ponteiros do relógio e mais um dia, mais uma hora, mais tempo, menos tempo.
Segure o quanto quiser, mas um beijo pode ser eterno e fazer o tempo para, mas sua ausência só me faz desejar ver o tempo correr.
Durmo sem relógio não suporto ouvir o Tic - Tac. Ele me enlouquece, me faz contar e ver o que perco. Sua ausência aumenta em minha vida, na minha cama vazia. Os travesseiros são três como os ponteiros do relógio e meu coração sabem contar o tempo que passa sem sua presença. Cada batida um segundo mais, um segundo menos.
No seu braço vi um relógio e na sua boca só havia beijos. E quando partiu disse que tinha pouco tempo, pois gastou todo ele comigo.Sorriu manhoso e contou enquanto me beijava.
Roubei seu relógio, e te beijei ganhando mais tempo.
Tempo, tempo, tempo...

2 comentários:

Rafael Guerra disse...

"Segure o quanto quiser, mas um beijo pode ser eterno e fazer o tempo para, mas sua ausência só me faz desejar ver o tempo correr."
ai ai, questão preocupante a do tempo, estou para fazer uma mudança brusca mas ainda falta tempo, mas o tempo ta passando tão rapido que nem sei se terei tempo de fazer o planejado...
a todo instante o tempo troca de aliado a inimigo, e nem sei por quanto tempo vou aguentar isso...
bem, só o tempo dirá...

Bruna Toledo disse...

Realmente. Falar to tempo é complicado. A verdade é que nunca temos tempo, mas ele está sempre a nosso disposição, e se soubessemos manejá-lo, aproveitaría-mos o melhor. Acho que isso é provado pelo Horário de Verão... Tão temível, para mim pelo menos.
Lógico.
;*