Dicas

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Fácil dizer eu te amo, difícil dizer adeus.


Do modo que as coisas andam tudo pode mudar. Eu não queria muito mais que seu sorriso junto aos meus ouvidos.
Suas mãos sobre minha cintura. O jeito leve que você tem de me embalar e esconder a face no meu pescoço.
Eu quero tanto dizer eu te amo, mas as vezes só digo adeus.
Mais do modo que as coisas andam eu queria muito, muito mesmo ter mais tempo para olhar seus olhos piscarem, o modo engraçado que você coça o queixo, a barba crescida. E olha o dia pela janela. O que vai dentro de sua mente?O que pensa? Enquanto o sol te cobre de luz?
Talvez na noite de amor, afinal, ri de mansinho e me olha de soslaio. Como se quisesse entender que força me prende a você.
Não existe força, ou poder, é só o seu sorriso. E do modo que as coisas andam tudo pode mudar, sabe?
Deixar-me ficar aqui, na cama, olhando o teto pensando em como tudo é suave quando sua boca beija meu joelho.
Eu quero não ri, mas faz cócegas pensar e ficar imóvel. E do modo que as coisas andam devagar e prazerosamente, eu não quero dizer adeus.
Eu quero ficar em seus braços e sentir-me flutuar, quando me erguer nos braços. E me faz girar.
Do modo que as coisas andam, eu quero ficar bem aqui, no seu coração. Aonde não há adeus, tudo é certo.E seus beijos são o melhor modo de matar a sede.
Os travesseiros sabem, eles me ouviram sussurrar seu nome, gemer e os ferir com minhas unhas, enquanto me fazia compreender que eu não posso dizer adeus...É difícil.
Mas fácil dizer:
- Sim, eu te amo.

2 comentários:

Bruna Toledo disse...

Exato.
Muito mais fácil.
As despedidas sempre deixam um gosto de solidão, e um quê de fracasso...
;*

Nazarethe Fonseca disse...

Prefiro nao dizer adeus,mas existem momentos que é tudo que nos resta a fazer.


bj