Dicas

sábado, 8 de novembro de 2008

Amor – Cheio e Vazio.



Vi o por - do - sol do jardim, enquanto pensava em tudo e em nada. Senti sua falta e me fiz as mesmas perguntas.
O sol morria lento, a tarde virava noite e meus olhos mergulhavam nas sombras. E tudo que eu desejava aquele momento era o seu toque sobre minha pele.
Eu não quero te esquecer.
Você esta sempre em meus braços, sobre minha pele, tocando meus cabelos, eu escuto seu sussurros. E sorrio.
Eu não quero te esquecer.
A noite chegou e estava um pouco frio,vesti um casaco e continuei pensando o quanto gosto de você,o que podemos ser, o que já somos.
Havia muito a ser pensando, o tempo deslizava lento. Eu não ligo,quando posso te trazer bem perto dos olhos.
Eu não quero te esquecer.
Preciso que me abrace que me faça feliz, que me beije muitas vezes mais. Que me puxe pelo braço para que possa acompanhar seu passo quando a chuva começar.
Que me faça cócegas na cama, que me empurre na pia para ver quem escova os dentes mais rápido. O vencedor ganha um beijo de menta.
Que me ligue manhoso, ou para brigar, que ligue para conversar e reclamar.
Uma lagrima escorregou por minha face e eu tive certeza,eu não quero te esquecer.

2 comentários:

Rafael Guerra disse...

lindo...
tão concordo, quanto sinto, um amor não se é capaz de esquecer...
achei muito bonito narazeth.

Bruna Toledo disse...

"que me empurre na pia para ver quem escova os dentes mais rápido"

já fiz isso D: